Exercício – Quinhentismo no Brasil

Publicidade
  • 1. As primeiras manifestações literárias que se registram na Literatura Brasileira referem-se a:

    A)    Literatura informativa sobre o Brasil (crônica) e literatura didática, catequética (obra dos jesuítas).

    Publicidade

    B)     Romances e contos dos primeiros colonizadores.

    C)      Poesia épica e prosa de ficção.

    D)    Obras de estilo clássico, renascentista.

    Publicidade

    E)     Poemas românticos indianistas.

    2. A literatura de informação corresponde às obras:

    A)    barrocas;

    Publicidade

    B)     arcádicas;

    C)     de jesuítas, cronistas e viajantes;

    D)    do Período Colonial em geral;

    Publicidade

    E)     n.d.a.

    3.  Qual das afirmações não corresponde à Carta de Caminha?

    A)    Observação do índio como um ser disposto à catequização.

    B)     Deslumbramento diante da exuberância da natureza tropical.

    C)     Mistura de ingenuidade e malícia na descrição dos índios e seus costumes.

    D)    Composição sob forma de diário de bordo.

    E)     Aproximações barrocas no tratamento literário e no lirismo das descrições.

    4. (UNISA) A “literatura jesuíta”, nos primórdios de nossa história:

    A)    tem grande valor informativo;

    B)     marca nossa maturação clássica;

    C)     visa à catequese do índio, à instrução do colono e sua assistência religiosa e moral;

    D)    está a serviço do poder real;

    E)     tem fortes doses nacionalistas.
    5. A importância das obras realizadas pelos cronistas portugueses do século XVI e XVII é:

    A)     determinada exclusivamente pelo seu caráter literário;

    B)     sobretudo documental;

    C)     caracterizar a influência dos autores renascentistas europeus;

    D)    a deterem sido escritas no Brasil e para brasileiros;

    E)     n.d.a.

    6. Anchieta só não escreveu:

    A)     um dicionário ou gramática da língua tupi;

    B)     sonetos clássicos, à maneira de Camões, seu contemporâneo;

    C)     poesias em latim, portugueses, espanhol e tupi;

    D)    autos religiosos, à maneira do teatro medieval;

    E)     cartas, sermões, fragmentos históricos e informações.

    7. São características da poesia do Padre José de Anchieta:

    A)    a temática, visando a ensinar os jovens jesuítas chegados ao Brasil;

    B)     linguagem cômica, visando a divertir os índios; expressão em versos decassílabos, como a dos poetas clássicos do século XVI;

    C)     temas vários, desenvolvidos sem qualquer preocupação pedagógica ou catequética;

    D)    função pedagógica; temática religiosa; expressão em redondilhas, o que permitia que fossem cantadas ou recitadas facilmente.

    E)     n.d.a.

    8.  (UNIV. FED. DE SANTA MARIA) Sobre a literatura produzida no primeiro século da vida colonial brasileira, é correto afirmar que:

    A)    É formada principalmente de poemas narrativos e textos dramáticos que visavam à catequese.

    B)     Inicia com Prosopopéia, de Bento Teixeira.

    C)     É constituída por documentos que informam acerca da terra brasileira e pela literatura jesuítica.

    D)    Os textos que a constituem apresentam evidente preocupação artística e pedagógica.

    E)     Descreve com fidelidade e sem idealizações a terra e o homem, ao relatar as condições encontradas no Novo Mundo.

    9.  (UFV) Leia a estrofe abaixo e faça o que se pede:

    Dos vícios já desligados  /  nos pajés não crendo mais, / nem suas danças rituais, / nem seus mágicos cuidados.
    (ANCHIETA, José de. O auto de São Lourenço)
    Assinale a afirmativa verdadeira, considerando a estrofe acima, pronunciada pelos meninos índios em procissão:

    A)    Os meninos índios representam o processo de aculturação em sua concretude mais visível, como produto final de todo um empreendimento do qual participaram com igual empenho a Coroa Portuguesa e a Companhia de Jesus.

    B)     A presença dos meninos índios representa uma síntese perfeita e acabada daquilo que se convencionou chamar de literatura informativa.

    C)     Os meninos índios estão afirmando os valores de sua própria cultura, ao mencionar as danças rituais e as magias praticadas pelos pajés.

    D)    Os meninos índios são figuras alegóricas cuja construção como personagens atende a todos os requintes da dramaturgia renascentista.

    E)     Os meninos índios representam a revolta dos nativos contra a catequese trazida pelos jesuítas, de quem querem libertar-se tão logo seja possível.

    10.  (Univ. Est. de Londr.) – É lícito dizer que a literatura brasileira nasceu marcada:

    A)    pela cultura clássica greco-romana.

    B)     pelas luzes do racionalismo francês.

    C)     pelo renascimento italiano, filtrado através da experiência nativa.

    D)    pela cultura barroca dos padres jesuítas.

    E)     pelo folclore indigenista.

    11.  (UF Viçosa) – Não houve desenvolvimento literário no Brasil-Colônia porque…

    Assinale a incorreta:

    A)    o isolamento das capitanias e seu desenvolvimento irregular dificultou o contato entre escritores.

    B)     inexistência, praticante, da vida urbana.

    C)     Portugal sempre manteve o Brasil afastado das influências culturais de outros países.

    D)    a imitação estrangeira dificultou a imaginação de nossos escritores.

    E)     nenhuma das anteriores.

    12. (Cescem) – A literatura brasileira do período colonial, em seus primeiros tempos, teve como preocupação acentuada a catequese do selvagem.

    É o que se vê revelado:

    A)    nos Diálogos das Grandezas do Brasil

    B)     na Prosopopéia

    C)     no teatro de Anchieta

    D)    no Tratado da Terra do Brasil

    E)     no poemeto épico Uruguai

    13. (Fuvest) – Relacione a coluna da esquerda com a da direita.

    1. Tratado Descritivo do Brasil

    2. Meu Cativeiro entre os Índios do Brasil

    3. Cartas do Brasil

    4. Diário da Navegação

    5. História da Província da Santa Cruz

    6. Tratado da Terra e da Gente do Gente

     

    ( ) Pero Magalhães Gândavo

    ( ) Fernão Cardim

    ( ) Gabriel Soares de Sousa

    ( ) Hans Staden

    ( ) Pero Lopes de Sousa

    ( ) Manuel da Nóbrega

    A sequência correta é:

    A) 5, 6, 1, 4, 2, 3

    B) 6, 1, 4, 3, 2, 5

    C) 5, 6, 1, 2, 3, 4

    D) 5, 6, 1, 2, 4, 3

    E) 1, 6, 5, 2, 4, 3

    14. (USP) – Sobre o padre Anchieta podemos dizer que:

    A)    foi autor de Prosopopéia.

    B)     foi o autor de um poema em louvor à Virgem e de um poema de cunho encomiástico, louvando a figura de Mem de Sá.

    C)     foi o autor de “Auto de Pregação Universal”, peça de cunho nitidamente clássico, demonstrando que Anchieta assimilou profundamente o Classicismo.

    D)    sua poesia tem como ponto alto Diálogos das Grandezas do Brasil.

    E)     nenhuma das anteriores.

    15. (Fuvest) – Assinale V (verdadeiro) ou F (falso), após analisar as afirmações que se seguem sobre o Quinhentismo:

    (   ) A literatura de informação ressalta a importância do trabalho com o estilo, com a forma.

    (   ) A atitude de Caminha em frente à terra recém-descoberta é de decepção e de repulsa pelo índio.

    (   ) A produção informativa do Quinhentismo frente à terra tem maior valor histórico-documental que literário.

    (  ) A exaltação ufanista das virtudes da terra prestava-se, também, ao incentivo à imigração e aos investimentos da Europa na Colônia.

    (   ) Autores românticos e modernistas valeram-se de sugestões temáticas e formais das crônicas de viagem.

    (   ) A literatura dos viajantes é ocorrência exclusiva brasileira, não tendo nenhum similar em nenhuma outra parte do mundo.

    (   ) A poesia de Anchieta está presa aos modelos renascentistas e reflete, em seus sonetos, uma transparente influência de Camões.

     

    A sequência é:

    A)    F, F, V, V, V, F, F

    B)     F, F, F, V, V, V, F

    C)     F, F, F, F, F, V, V

    D)    V, V, V, V, V, V, V

    E)     V, V, V, V, V, F, F

    16. (Cescem) – “Águas são muitas; infindas. E em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar, dar-se-á nela tudo, por bem das águas que tem”.

     

    No texto acima notamos:

    A)    que Pero Vaz Caminha assume a atitude de um observador frio.

    B)     que Caminha se empolga pelas coisas da terra.

    C)     que o escritor descobriu águas-marinhas.

    D)    Caminha apenas está atento ao que vê, desprezando o entusiasmo tão comum da época.

    E)     nenhuma das anteriores.

    17. (Cesgranrio) – Assinale com C as afirmações certas e com E as erradas.

    (  ) A estrutura social gerada no Brasil durante os primeiros tempos da colonização permitiu um desenvolvimento cultural extraordinariamente rico e fecundo.

    (     ) Nos primeiros séculos, os ciclos de ocupação e de exploração formaram ilhas sociais (Bahia, Pernambuco, Minas, Rio de Janeiro, São Paulo), que deram à Colônia a fisionomia de um arquipélago cultural.

    (    ) A literatura dos cronistas portugueses interessa como conhecimento das raízes da terra, do índio e do colono português, modernistas como Oswald de Andrade e Mário de Andrade os recuperam para reagir contra a europeização da cultura brasileira.

    (    ) Nos dois primeiros séculos do Brasil produziu-se uma literatura documental que se desdobra em duas vertentes: o ufanismo e o realismo. À primeira estão ligados cronistas como Pero Magalhães Gândavo e Gabriel Soares de Sousa; à segunda, vinculam-se os textos escritos pelo Frei Vicente do Salvador e por Antonil, pseudônimo do jesuíta italiano João Antônio Andreoni.

    (    ) A poesia de Anchieta se marca pelo lirismo ingênuo, desprovida de qualquer maior fantasia, complexidade ou substância mental.
    A sequência correta é:

    A)    C, C, C, C, C

    B)     C, E, C, E, C

    C)     E, C, C, C, C

    D)    E, C, C, E, C

    E)     E, C, E, C, C

    18. (Santa Casa) – Assinale a incorreta:

    A) A literatura de viagens constitui valioso documento do Brasil-Colônia.

    B) Na literatura de viagens encontramos informações sobre a natureza e o homem brasileiro.

    C) Os primeiros escritos sobre o Brasil pertencem à categoria de literatura, uma vez que notamos neles preocupações estéticas.

    D) O mito ufanista é representado pelo louvor à terra fértil e a natureza como algo exuberante.

    E) nenhuma das anteriores
    null